D A Pennebaker é o homenageado da edição 2021 do In-Edit Brasil

In NEWS by NEWS BRASILLeave a Comment

O grande homenageado desta edição é o diretor D.A. Pennebacker, considerado um dos maiores nomes do documentário mundial de todos os tempos, e um dos pioneiros do “Cinema Direto”.

O festival apresenta dois clássicos da fase musical do cineasta, o lendário “Dont Look Back” (1967), sobre a turnê inglesa de Bob Dylan, e “Monterey Pop” (1968), sobre o evento que inaugurou a era dos grandes festivais de rock, além de curtas metragens pouco conhecidos do diretor.

Completando a homenagem, o In-Edit convida a premiada diretora Chris Hegedus, sua viúva e parceira artística, para um bate-papo virtual sobre a carreira e obra do diretor.

Veja abaixo a relação dos filmes dirigidos por D A Pennebaker que farão parte da homenagem:

Dont Look Back

D.A. Pennebaker, Estados Unidos, 1967, 90 min.

Dont Look Back (sim, sem apóstrofe) é considerado um dos documentários musicais mais revolucionários de todos os tempos. Aqui, o diretor D. A. Pennebaker acompanha Bob Dylan durante sua turnê pela Inglaterra em 1965 e capta momentos da intimidade do artista que nunca mais voltaríamos a ver. Entre camarins, hotéis, entrevistas e deslocamentos, a câmera registra momentos espontâneos e retrata situações inusitadas que viraram uma referência no mundo do cinema.

Com apenas 23 anos na época das filmagens, Dylan já tinha desenvolvido seu estilo próprio de lidar com a imprensa e com o público, o que rende muito pano pra manga.

 

Monterey Pop

D.A. Pennebaker, Estados Unidos, 1968, 78 min.

O festival Monterey Pop realizado em 1967 é considerado por muitos o precursor dos festivais de música tal como os conhecemos hoje em dia. Com uma escalação de fazer suspirar qualquer amante da música pop, o evento reuniu 50 mil pessoas para ver artistas que estavam aparecendo naquele momento, como Jimi Hendrix e Janis Joplin, e estrelas já estabelecidas no cenário do rock, como The Who, entre tantos outros. Neste filme, o diretor D. A. Pennebaker registra os incríveis shows e conversa com o público para captar a emoção desta experiência pioneira.

 

Seleção de Curtas D. A. Pennebaker

Completam a homenagem, 4 curtas realizados pelo diretor.

 

Alice Cooper

D.A. Pennebaker, Estados Unidos, 1970, 15 min.

O registro da lendária banda Alice Cooper no início de sua carreira. Um show comovente e selvagem que virou uma de suas marcas registradas.

 

Daybreak Express

D.A. Pennebaker, Estados Unidos, 1953, 5 min.

Um passeio na agora demolida IRT Third Avenue Line (“Third Avenue El”), na cidade de Nova York, em 1953. Filmado em 16mm por D. A. Pennebaker, com música de Duke Ellington, é uma das primeiras obras da carreira do diretor. 

 

Lambert and Co

D.A. Pennebaker, Estados Unidos, 1964, 15 min.

Dave Lambert era um músico jazz mais velho e muito independente. Quando Pennebaker o conheceu, ele tinha uma sessão marcada com a RCA e o cineasta foi acompanhá-lo. No fim das contas, a gravadora decidiu não ir em frente com o projeto e limpou as fitas. Mas o registro ficou para a posteridade e ajudou a manter viva a chama de músico que morreu pouco depois da gravação.

 

Little Richard

D.A. Pennebaker, Estados Unidos, 1970, 28 min.

Depois da dissolução dos Beatles, John Lennon montou um grande show em Toronto com alguns dos seus ídolos. Entre eles, estava o verdadeiro rei do rock, Little Richards. Nesta performance extasiante, vemos por que sua lenda nunca parou de crescer.

Leave a Comment


*